Concelho de FERREIRA DO ALENTEJO
Distrito de BEJA
Turismo do ALENTEJO
 
FAL PR1 - Rota da Villa do Monte da Chaminé
Percursos Pedestres no Concelho | PR1 Rota da Villa do Monte da Chaminé |

Características do Percurso
Nome
Rota da Villa do Monte da Chaminé
Código FAL PR1
Tipologia Circular
Distância 12,5 Km
Duração aproximada 3:00h
Tipo de piso Caminhos rurais
Grau de dificuldade Baixo
Local de Partida Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo
Local de Chegada Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo
Coordenadas geográficas

Ficheiros
FAL PR1 Rota da Villa do Monte da Chaminé - Folheto e Mapa

Marcação do Percurso e Edição de Guia
Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo
7900-571 Ferreira do Alentejo
Telf 284 738 700 Email geral@cm-ferreira-alentejo.pt

Localização

Descrição e Motivos de Interesse
A Praça Comendador Infante Passanha onde está situada a Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo, ladeada pela Igreja Matriz Nª Sr.ª da Assunção é o local de saída para este percurso. Durante a passagem pela Vila, podemos observar o belo casario branco, típico do Alentejo e das casas senhoriais hoje transformadas em sede de serviços municipais.
Seguindo a nossa rota dentro da Vila, encontramo-nos junto do edifício do Tribunal e preparamo-nos para deixar a parte urbana e entrarmos na zona campestre. Damos entrada na Quinta da Floresta, Moinho da Floresta, Galinha em direcção ao Monte da Chaminé, durante este trajecto podemos observar uma das centrais solares fotovoltaica de Ferreira do Alentejo, que por ser uma das zonas com maior radiação solar directa normal do País, apostou nas energias renováveis. No Monte da Chaminé podemos fazer um desvio para visitar a Estação Arqueológica do Monte da Chaminé, onde se encontra uma villa romana datada do séc. I a.C. , descoberta em 1981. Continuando o nosso percurso, vamos em direcção a Valbom e Fomaguda e aqui a paisagem que se apresenta perante nós é de uma beleza tal que só pode ser descrita em poema,”” quando chega a primavera, como é belo o que vejo, são as cores do arco-íris, são as cores do meu Alentejo”” Leo Marques -poeta popular O típico “monte alentejano”, com as suas casas brancas ornadas de azul, rodeadas de extensões de terra lavrada em vários tons de castanho, com o verde ou amarelo das searas de trigo, salpicado de sobreiros e azinheiras confere-lhe uma paleta de cores que só a natureza nos pode dar. Por estes caminhos vamos passar no Monte do Outeirinho e aqui o trigo cede lugar ao olival e à cevada, e em Monte Novo a paisagem muda novamente dando lugar a terrenos de pastagem e à cultura da cevada dística para o fabrico da cerveja. Ainda levando as cores dos campos gravadas na memória, seguimos em direcção à barragem de Monte Novo ou do Pereiro, continuando pela Quinta do Pereiro onde está situada uma grande e recente plantação de nogueiras e amendoeiras, Moinho do Espanhol e aqui já começamos a
dar entrada na povoação seguindo o mesmo trajecto até à praça onde se situa a Câmara e aí finalizar o nosso percurso..

Avaliação SAL
Não há avaliação SAL sobre este percurso pedestre.

Certificações
Este percurso está certificado pela Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.

Outras Informações

Não há mais informações disponíveis sobre este percurso pedestre.



WALKING PORTUGAL

WALKING PORTUGAL
Todos os direitos reservados.